Informativo

O Instituto Gabi está participando do Programa de Aceleração de ONGs promovido pela Samsung. A Phomenta coordena o processo que acontecerá em três etapas a partir de outubro.

Na foto, da esquerda para a direita, estão Clarissa, da Phomenta, o consultor Anderson e o fundador do Gabi, Francisco Sogari.

Um dia de descobertas: assim pode ser definido o passeio dos atendidos do Instituto Gabi ao Planetário, que fica no Parque do Ibirapuera. Muitos foram pela primeira vez ao local e adoraram o passeio – que aconteceu no dia 31 de agosto.

No dia 1 de setembro, o Instituto Gabi participou da 27a edição do Desfile Cívico Militar do Jabaquara. Foi um momento de mobilização e defesa do trabalho do Gabi, que já beneficiou, nestes 18 anos, mais de mil famílias.

Atendidos e seus familiares, além da equipe do Instituto, participaram com entusiasmo deste momento. No dia 14 de setembro, será a vez do Desfile da Vila Santa Catarina, promovido pelo Colégio Marques de Monte Alegre – e o Gabi, mais uma vez, marcará presença.

 

O fundador do Instituto Gabi, Francisco Sogari, compartilha, neste Dia Nacional do Voluntariado, um texto que serve de inspiração: “10 motivos para ser voluntário”:

1- Porque acredito que o amor é a única força capaz de transformar o homem e o mundo.

2- Se eu uso energia para tantas coisas, por que não posso usar uma parte para o bem?

3- Porque Deus me dá 168 horas semanais. Por que não doar algumas horas da semana ou do mês como forma de gratidão?

4- Porque estou fazendo a minha parte e não espero que a mudança caia do céu!

5- Porque tenho a convicção de que, no trabalho voluntário, mais do que dar eu estou recebendo;

6- Porque acredito na vida futura e na outra dimensão, onde o mais importante não são os diplomas, a fama, o dinheiro, os bens materiais, mas sim, o bem que tiver feito ao meu próximo;

7- Porque ser voluntário não requer especialização nem ter muitas posses. Basta abrir o coração e doar-se para o próximo.

8- Porque ingresso num triplo movimento: dar o peixe na hora da fome, ensinar a pescar para que a fome não volte e criar condições para que haja pesca, dignidade, justiça social, etc.

9- Porque acredito numa frase que minha filha pronunciou com apenas seis anos de idade: “Quem ajuda os outros é feliz”.

10- Porque hoje temos bons recursos técnicos que permitem ‘voluntariar’ sem sair de casa, ajudando projetos sociais em várias áreas: eventos, divulgação, campanhas e outras iniciativas.

O trabalho voluntário é a doação do que a pessoa tem de melhor. Pode ser o tempo ou o talento. De forma presencial, à distância ou de ambas as formas. O importante mesmo é ajudar o outro e colher a recompensa que a vida nos dá.

No Gabi, há muito espaço para o trabalho voluntário. Para os que querem fazer trabalhos presenciais, precisamos de voluntários para ‘engrossar’ o time que se dedica à manutenção da casa, ao bazar, às oficinas e também para ajudar em eventos internos e externos.

Quem não tem condições de passar algumas horas conosco, pode ajudar também. Uma demanda sempre crescente é aumentar a equipe de voluntários que nos ajudam no trabalho da Nota Fiscal Paulista. O voluntário pode atuar na sua região, visitando pontos comerciais e colocando urnas para captar notas fiscais sem o CPF de clientes. Depois de um tempo, deve retirar as urnas e entregar os cupons no Gabi.

Se este voluntário quiser nos ajudar ainda mais, pode cadastrar estas notas no sistema da Receita Federal em sua própria casa. Já temos voluntários que se dedicam a esta tarefa e muito nos ajudam. Se preferir, pode usar os computadores da nossa sede, que também recebe voluntários que fazem este trabalho de digitação. À distância, contamos ainda com voluntários nas áreas Jurídica, Comunicação e Pedagógica – mas reforços sempre são bem-vindos!

Quer saber mais? Ligue para 5031-1765.

Os atendidos do Instituto Gabi participaram de uma atividade de criação de mandalas no CCA do Grupo Socorrista Maria de Nazaré. Foi um momento de interação entre os jovens dos dois serviços.

Nesta semana especial, o Núcleo de Apoio à Inclusão Social para Pessoas com Deficiência (NAISPD) ganhou novos espaços: uma sala de estudos e uma brinquedoteca. A ideia é sempre a mesma: manter o local acolhedor e funcional para o pleno desenvolvimento dos atendidos.

O casal fundador do Instituto Gabi, Iracema e Francisco Sogari, participou do programa Mulheres, da TV Gazeta, no dia 22 de agosto. Eles recordaram a memória da filha Gabriele, que na próxima quinta-feira, dia 29 de agosto, completa 25 anos nos braços do Pai Eterno.

Iracema e Francisco lembraram o motivo que os levou a iniciar os trabalhos em prol da pessoa com deficiência. Destacaram a importância Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, em especial a luta pelos direitos em busca de uma sociedade mais inclusiva. Para assistir a participação de Iracema e Francisco, basta acessar o link https://www.tvgazeta.com.br/videos/historia-de-superacao-instituto-gabi/?fbclid=IwAR1Cn2rOz2chIInkmFFquaF06lDlHJHIVMjuSUkZhx1mySzl8cPVBmXlXpI.

O Instituto Gabi aceita doações de produtos variados, novos ou usados em boas condições, para posterior venda no Bazar de Oportunidades.

Se você tem algo para desapegar ou quer mais informações, entre em contato pelo Whatsapp, é muito fácil. Estamos aguardando sua mensagem!

A Cup Crowfunding, promovida pela Faculdade de Informática e Administração Paulista, FIAP, especialista em tecnologia, inovação e negócio, segue a todo vapor. A missão dos alunos da instituição é promover campanhas de marketing e comunicação para obter recursos e direcionar o montante arrecadado a alguma entidade. O Instituto Gabi foi uma das instituições foi escolhidas para receber o fruto deste investimento em prol do bem. E hoje, compartilhamos uma das ações realizadas pelos alunos: a venda de doces na Avenida Paulista. Deu água na boca, não é mesmo? Boa sorte aos alunos e, claro, nossa gratidão!